Homem que usa calcinha é Gay?

Neste post vou responder mais um questionamento sobre o uso de lingerie entre os homens, será que todo homem que usa calcinha ou lingerie feminina é gay?

Para quem já acompanha meus textos, sabe que escrevi dois posts dedicados a esse tema.

  1. É normal homem usar calcinha?
  2. Conheça as Lingeries Desenvolvidas para Homens

Em ambos tem bastante depoimentos de homens que usam calcinhas e de mulheres que foram pesquisar sobre o tema, depois de descobrirem a prática de seus parceiros. Em alguns comentários dei como dica conversar e compreender a outra pessoa, fiquei muito satisfeita após uma leitora retornar e falar de como o post Lingerie Desenvolvidas para Homens ajudou a resolver as coisas em seu relacionamento, pois seu namorado havia ficado angustiado com a descoberta e ela muito confusa.

Como recebi alguns questionamentos sobre se homem que usa calcinha é gay, resolvi escrever para poder ajudar tantas outras pessoas com a mesma dúvida. Pois, infelizmente o uso da lingerie entre homens ainda é algo pouco falado e para muitos motivo de constrangimento.

Anúncios

Agora a pergunta que não quer calar: Homem que usa calcinha é Gay?

Primeiro temos que separar as coisas, temos que entender a diferença entre sexo, gênero e sexualidade só assim poderemos entender de forma mais clara a prática do uso de lingerie entre homens e que não fazem deles gays, embora seja o que muitas pessoas pensam a respeito dessa prática.

Sexo

Sexo está relacionado a anatomia humana, as características corporais que definem homem e mulher ao nascer. Dizemos que uma criança é do sexo masculino quando é identificado o pênis em seu corpo e sexo feminino ao identificar a vagina/vulva em seu corpo.

Gênero

Gênero está ligado ao aspecto social/cultural que determina em regras o que diz respeito ao ser masculino e feminino. Ou seja, quando você nasce o seu sexo é definido pelas suas características biológicas, porém ao longo do seu desenvolvimento social, você cresce sendo ensinado sobre o que é coisa de menino e coisa de menina. Um exemplo mais claro que posso te dar é o seguinte, se quando você nasce seu aparelho reprodutor define se você é homem ou mulher, porque nos deparamos constantemente com a expressão, “isso não é coisa de homem?” quando na verdade o que você faz não muda seu sexo.

Uma situação que muita gente já deve ter presenciado ou vivenciado é a seguinte:

A mãe pega seu filho brincando com uma boneca e logo retruca: Isso não é coisa de menino! Vá pegar seu carrinho!

Se o que determina o sexo do indivíduo é seu aparelho reprodutor, um menino brincar com uma boneca não vai mudar seu sexo para feminino. Em outras palavras, usar calcinha não vai mudar o sexo de nenhum homem.

Um outro exemplo que nos traz à reflexão é o carnaval, todos os anos vários blocos saem as ruas com homens fantasiados de mulher, muitos destes heterossexuais casados, noivos e etc. Que ao longo do ano seguem sua vida normalmente, sem serem taxados de gays. Se um homem pode usar roupa e maquiagem feminina no carnaval e não faz dele gay, porque usar calcinha em sua casa na sua intimidade fere a sua sexualidade? Vale a pena refletir, pois isso só mostra como somos contraditórios em nossas próprias ações sem ao menos termos consciência disso.

Eu mesmo já namorei uma pessoa que em todos carnavais se fantasia de mulher para sair em determinados blocos, a personagem tem até nome!

Começamos a namorar semanas antes do carnaval e para mim foi uma surpresa vê-lo daquele jeito, pois nenhum de meus namorados anteriores faziam aquilo. Algumas pessoas próximas me encheram a paciência dizendo que ele era “viado”, pois homem que é homem não faz isso nem no carnaval. Como eu era muito jovem fiquei um pouco insegura e perguntei para ele, se ele estava aproveitando o momento para se revelar, ele disse que não! Esclareceu que já era uma tradição dele, do irmão e dos amigos irem para o Bloco das Virgens daquela forma todos os anos. Enfim, ele não era e continua não sendo gay!

Outra informação interessante para complementar a reflexão, é o fato de muitos homens gays não usarem calcinha, tenho vários amigos que são gays e não usam, pois não gostam.

Então para finalizar esse bloco, o gênero está ligado a construção social, que determina aquilo que seriam características do ser masculino e do feminino. As representações de gênero são diferentes de uma cultura para outra, uma prova disso são as diferenças entre o comportamento de homens e mulheres de diferentes países e regiões.

Falo um pouco mais sobre como ao longo da história as regras sociais influenciaram na questão de gênero no post É normal homem usar calcinha?

Anúncios

Sexualidade

A sexualidade está ligada as práticas eróticas entre seres humanos, ou seja, com quem a pessoa escolhe se relacionar emocionalmente e fisicamente. Assim como o gênero, a sexualidade está diretamente ligada aos aspectos culturais e regras estabelecidas pela sociedade, estas podem se diferenciar dependendo do grupo ou cultura.

Trazendo esse ponto para a nossa cultura ocidental, a sexualidade e gênero andam praticamente de mãos dadas. Onde ser heterossexual ocupa uma posição de superioridade e qualquer coisa que vá contra esse estereotipo é dado como anormal ou errado. Por esse motivo tudo que vai de encontro as regras heteronormativas é tido como homossexualidade. Isso explica a pergunta que deu origem a este post.

Para uma pessoa ser gay ou homossexual ela precisa sentir atração ou se relacionar com alguém do mesmo sexo.

O fato de um homem usar calcinha não faz dele gay, pois a roupa não define a sexualidade do indivíduo.

Fizemos uma enquete em nosso Blog e o resultado foi bem impressionante, cerca de 86,87% dos leitores que participaram afirmaram usar calcinha e ser heterossexual. Somente 7,91% dos participantes afirmam ser gay. Vale citar que esse resultado foi a nível mundial, pois nosso blog é traduzido para vários idiomas e tem leitores em várias partes do mundo. Segue abaixo o resultado completo.

Anúncios

Espero que minha explicação tenha te esclarecido de uma forma simples, que o fato de um homem usar calcinha não muda seu sexo ou opção sexual. Conheço muitos homens heterossexuais que usam lingerie e um dos principais fatores de não expor sua preferência em usar uma lingerie diferente da definida pelas regras sociais, é justamente o preconceito, eles não querem ser taxados de gays. Muitos afirmam veemente que não sentem atração por homens e que gostam de se relacionar com mulheres, muitos são casados.

Se você gostou deste texto, compartilhe para que mais pessoas possam entender a diferença entre sexo, gênero e sexualidade. A compreensão de determinados assuntos nos permite olhar para o outro com menos preconceito.

Sinta-se a vontade para deixar seu comentário.

Um beijo e até o próximo post!

21 comentários em “Homem que usa calcinha é Gay?

  1. Sou heterossexual, casado e tenho 47 anos. Uso calcinha 24 horas por dia, 365 dias do ano já faz 4 anos e com o total apoio e aprovação da minha esposa.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Sim, claro que pode usar! A lingerie não vai mudar a sua essência/masculinidade.
      Se você está bem resolvido com a sua sexualidade, uma peças de roupa não vai mudar isso em você.

      Curtir

  2. Sou casado há 15 anos e adoro usar calcinhas, fico completamente excitado, adoro sentir em mim, o fiozinho passando por dentro, o aperto e a sensação que traz. Minha esposa nem imagina, tenho muita vontade de contar, não tenho coragem… mas queria… difícil falar de fantasias com quem gosta só do básico na cama… será que ela aceitaria? Não sei como tocar mais nesse assunto, uma vez contei que tinha fantasia de inversão de papéis, ela mal conversou comigo e nunca mais tocou no assunto… fiquei sem jeito também e não abordei novamente. Morro de tesão secretamente e crio mil fantasias sozinho.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Olá Henrique, obrigada por seu comentário!

      Te sugiro antes de ir direto ao ponto com sua esposa pegar os textos aqui do blog e de outros sites. Fala com ela devagar, como quem não quer nada mostra o Blog para sua esposa, tipo “Olha amor o que achei aqui…”, “Nossa! Olha que curiosa essa matéria…”.

      Dessa forma você vai poder ver a opinião dela sobre o assunto e sondar se ela está aberta à esse tipo de fetiche. Vai devagar, trabalhando aos poucos. Pois, para quem não entende e nunca teve contato com esse universo é um choque.

      Atendi um cliente com questões semelhantes as suas, dei essas dicas para ele e funcionou até certo ponto. Algumas coisas a esposa dele aceitou, outras não!
      Tudo vai depender do nível de intimidade entre o casal, mas o caminho é ir com calma para não assustar.

      Espero ter te ajudado. Depois você volta aqui e me conta se deu certo!

      Atenciosamente;
      Flávia Swany.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s